#

Sejam bem vindos a este novo quadro do nosso site, Dicas da Semana. Nessa coluna semanal, vou entrar em detalhes do que tenho ouvido nos últimos dias e semanas. A funcionalidade óbvia desta seção é fornecer algumas recomendações e breves comentários do por que consideramos as faixas relevantes. Ao fim da página, vocês verão uma playlist unindo as recomendações.

Sem mais delongas, vamos às faixas:


"Pra Gente Acordar", Gilsons

"Pra Gente Acordar" é a faixa título do novo trabalho da ótima banda de MPB Gilsons, conhecida no Brasil todo pela relação hereditária com Gilberto Gil. Eu pessoalmente demorei um pouco para conhecê-los, até que Larissa me mostrou o disco solo do principal vocalista Francisco Gil (Neto de Gilberto) Fran. Até agora não ouvi nada deles que me desagradasse, e este novo trabalho é uma ótima continuação do que eles já faziam. Vale lembrar que apesar de a banda já estar há algum tempo nos holofotes, "Pra Gente Acordar" marca o primeiro disco lançado por eles.


"25/8", Cautious Clay

Há algo de surpreendente na forma como nesta canção, o cantor e compositor Cautious Clay (pausa para apreciar este belo nome artístico) vai mudando seu registro vocal ao longo da música, auxiliado por efeitos eletrônicos de ótimo gosto. Vale conferir seu novo disco, que vem depois de anos lançando bons EPs e colaboração com outros artistas, mais notavelmente Taylor Swift e John Legend - inclusive John e Clay formam algo como uma mistura natural de estilos.


"Only You Know", Beach House

O novo disco da banda americana Beach House, uma de minhas favoritas, é tão belo que não consegui ainda me decidir qual canção me chama mais a atenção. Porém, faço recomendação de "Only You Know", faixa esta que abre a terceira parte (ou capítulo) deste disco de 85 minutos dividido em quatro capítulos. Fãs da banda sabem que eles não geralmente produzem material tão expansivo, logo seu novo "Once Twice Melody" pode ser visto como um trabalho extremamente digno da banda, ao lado de seus outros grandes discos. 


"Love Me More", Mitski

Uma das características que mais me chamam a atenção no trabalho de Mitski, é sua tendência em produzir curtas e fortes canções. "Love Me More" com seus 3 minutos e meio faz exatamente isso. Mostra porque seu novo "Laurel Hell" está muito elogiado nesse início de ano.


"Lágrimas", Baco Exu do Blues & Gal Costa

Nas mãos de Baco, a voz de Gal ganha uma qualidade eletrônica, num belíssimo efeito, como se tivesse sendo sampleada de um de seus discos antigos. Nestas novas canções, o rapper baiano me parece ter entrado na fase mais madura de sua carreira, mantendo sua estética sonora já conhecida, mas ampliando o apelo emocional de suas letras.


"Love is Selfish", Jack White

Tudo indica que o single "Love is Selfish" não estará no próximo disco de Jack White, a ser lançado mês que vem. Como um grande fã de seus discos na época de White Stripes, sempre presto atenção em seus discos solo, mesmo que nem sempre convencido por eles. Um que me convenceu foi o mais "experimental" Boarding House Reach de 2018, o que me deixa ansioso para este novo trabalho. Até agora, "Love is Selfish" não me deixa menos ansioso.


"King of Sweden", Future Islands

Future Islands é uma banda que apesar de nem sempre me encantar, sempre sigo achando possível que eles repitam o sucesso da sua ótima canção "Seasons (Waiting on You)", um dos melhores singles de 2014. "King of Sweden" é uma releitura do estilo já conhecido da banda, mas um resultado bastante agradável.


Encerro essa coluna anexando a playlist no Apple Music e Spotify que todos podem encontrar estas canções (e as da semana que vem).


https://music.apple.com/br/playlist/giro-semanal/pl.u-mJy8rmETYVWx2G?l=en

Nenhum comentário. Seja o(a) primeiro(a) a comentar!